sexta-feira, 27 de setembro de 2019

‘Combate à corrupção pode sofrer um retrocesso inimaginável’, afirma juíza Selma sobre decisão do STF


Imagem: Produção Ilustrativa / Folha Política
Em julgamento ontem (26), no Supremo Tribunal Federal, a maioria dos 11 ministros chegou ao entendimento que pode anular condenações da Lava-Jato. A medida ainda terá o alcance delimitado na quarta-feira que vem, quando os ministros prosseguirem a discussão sobre quais casos estarão sujeitos à tese vencedora. 

Ouça: 


A senadora Juíza Selma expressou sua indignação pelas redes sociais, dizendo: “Gilmar Mendes quer anular todos os processos da Lava Jato simplesmente porque o The Intercept publicou que procuradores da força tarefa teriam chamado os Ministros do STF de vagabundos. Meu repúdio a esse Ministro que despreza a lei, a constituição e o povo brasileiro para satisfazer, mais uma vez, seus desejos pessoais de vingança. Até quando isso vai perdurar? Lava toga já!”. 

Leia também: 

Para a parlamentar, a decisão poderia trazer um retrocesso no combate à corrupção. “Sou defensora incondicional da Operação Lava Jato e acredito que uma decisão como essa acarretaria um retrocesso inimaginável na luta contra a corrupção no Brasil”, disse. 

A operação Lava Jato é a maior investigação de corrupção e lavagem de dinheiro que o país já teve. Desde que foi deflagrada, em março de 2014, determinou os rumos políticos e econômicos do país, revelando esquemas ilegais na Petrobras, principal estatal brasileira, e em grandes obras de infraestrutura.

Veja também: 






Correio do Poder
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...