segunda-feira, 15 de abril de 2019

URGENTE: STF aciona a Polícia Federal e Alexandre de Moraes manda tirar matéria contra Toffoli do ar


Imagem: Produção Ilustrativa / Folha Política
Uma matéria veiculada pela revista Crusoé e divulgada pelo site O Antagonista foi censurada hoje, por ordem direta do ministro Alexandre de Moraes, no âmbito do inquérito instaurado pelo ministro Dias Toffoli em março para investigar fatos e pessoas indeterminados, quando o ministro vir ataques à honra do Tribunal. Segundo informa a revista Crusoé, os editores foram notificados para tirar a matéria do ar, sob pena de multa de R$ 100 mil por dia de descumprimento, e a Polícia Federal foi acionada para tomar seus depoimentos. 


Ouça: 


Segundo a matéria, o ministro Dias Toffoli, através de uma mensagem ao ministro Alexandre de Moraes, pediu a (entre aspas) “devida apuração das mentiras divulgadas por pessoas e sites ignóbeis que querem atingir as instituições brasileiras”. O ministro Alexandre de Moraes, responsável pelo chamado “inquérito de Toffoli”, determinou a imediata censura da reportagem. De acordo com o ministro, haveria  “claro abuso no conteúdo da matéria veiculada”.

Leia também: 
URGENTE: Últimas notícias do Governo Bolsonaro: Encontro com Paulo Guedes, diesel, Petrobras, caminhoneiros
AO VIVO: SENADORES DEBATEM REFORMA DA PREVIDÊNCIA PROPOSTA PELO GOVERNO BOLSONARO
Augusto Nunes denuncia ‘método de gângster’ usado por Gilmar Mendes para exigir demissão de jornalistas



A matéria veiculada pela revista informava que o empresário Marcelo Odebrecht identificou o ministro Dias Toffoli, atual presidente do Supremo Tribunal Federal, como a pessoa a quem se referia a expressão “o amigo do amigo de meu pai”. A informação consta de documento enviado pelo empresário à Polícia Federal, entre os esclarecimentos de sua delação premiada. O documento foi publicado pela revista e também por outros meios de comunicação. A matéria dizia ainda que a Procuradora-Geral da República, Raquel Dodge, já tinha essa informação há algum tempo, o que foi negado por ela em nota oficial. Com base na nota que negava que a Procuradora-Geral estivesse de posse da informação, o ministro Alexandre de Moraes afirmou: “Obviamente, o esclarecimento feito pela PROCURADORIA GERAL DA REPÚBLICA tornam falsas as afirmações veiculadas na matéria “ O amigo do amigo de meu pai”, em típico exemplo de fake news – o que exige a intervenção do Poder Judiciário, pois, repita-se, a plena proteção constitucional da exteriorização da opinião (aspecto positivo) não constitui cláusula de isenção de eventual responsabilidade por publicações injuriosas e difamatórias, que, contudo, deverão ser analisadas sempre a posteriori, jamais como restrição prévia e genérica à liberdade de manifestação”.

Por fim, o ministro Alexandre de Moraes ordena: “Em razão do exposto. DETERMINO que o site O Antagonista e a revista Cruzoé retirem, imediatamente, dos respectivos ambientes virtuais a matéria intitulada “O amigo do amigo de meu pai” e todas as postagens subsequentes que tratem sobre o assunto, sob pena de multa diária de R$ 100.000,00 (cem mil reais), cujo prazo será contado a partir da intimação dos responsáveis. A Polícia Federal deverá intimar os responsáveis pelo site O Antagonista e pela Revista CRUSOÉ para que prestem depoimentos no prazo de 72 horas. Cumpra-se imediatamente. Servirá esta decisão de mandado”.

Os editores da revista Crusoé e do site O Antagonista responderam: “Crusoé reitera o teor da reportagem, baseada em documento, e registra o contorcionismo da decisão, que se apega a uma nota da Procuradoria Geral da República sobre um detalhe lateral e a utiliza para tratar como “fake news” uma informação absolutamente verídica, que consta dos autos da Lava Jato. Importa lembrar, ainda, que, embora tenha solicitado providências ao colega Alexandre de Moraes ainda na sexta-feira, o ministro Dias Toffoli não respondeu às perguntas que lhe foram enviadas antes da publicação da reportagem agora censurada”.

Veja também: 








Correio do Poder
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...