sábado, 15 de dezembro de 2018

Manuela D’Ávila e jornalistas acreditam em perfil ‘fake’ e passam vergonha na internet


Imagem: Produção Ilustrativa / Folha Política
Nesta semana, diversos jornalistas atraíram a atenção ao fazer chacota da futura ministra Damares Alves, por seu testemunho em que relata que foi vítima de abuso sexual na infância. Após a péssima repercussão das piadinhas com a vítima, alguns dos jornalistas disseram que só fizeram chacota da ministra porque não tinham conferido nenhum fato relativo ao relato em que ela disse que viu Jesus em um pé de goiaba. 


Ouça: 



Antes mesmo desse vexame se dissipar, jornalistas da velha imprensa voltaram à carga: diversos profissionais parabenizaram hoje a jornalista Patrícia Campos Melo pelo suposto recebimento de um prêmio, chamado “Prêmio Folha Brasileiro do Ano”. O suposto prêmio foi mencionado por um perfil satírico, chamado Mônica Bengamo, já amplamente conhecido entre os internautas por suas sátiras das manchetes da jornalista Mônica Bergamo. 

Leia também: 
Dallagnol cobra presidente do Supremo: ‘O STF deve cumprir seu papel’

Petistas acusados de tentativa de homicídio recebem habeas corpus do STJ
URGENTE: Eduardo Bolsonaro desmascara matéria difamatória contra Flávio e família Bolsonaro
Procurador da Lava Jato, Deltan Dallagnol faz advertência sobre necessidade de mudança no Brasil
Bolsonaro participa do lançamento de impressionante submarino: Riachuelo, o mais moderno do Brasil
Justiça aceita mais uma denúncia e Lula é réu por lavagem de R$ 1 milhão em negócios com a Guiné Equatorial
MPF oferece 27 denúncias à Justiça por fraudes na lei Rouanet

Embora a mensagem fosse assinada por um perfil não-verificado, assumidamente satírico, com nome diferente, e com o texto “Bolha” abaixo da foto, e não obstante o texto carregado de sarcasmo, a jornalista Patrícia Campos Melo recebeu os parabéns pelo prêmio inexistente, de conhecidos nomes da velha imprensa como Miriam Leitão, Chico Pinheiro e Xico Sá. A ex-candidata Manuela D’Ávila também se juntou ao grupo para parabenizar a jornalista pelo suposto prêmio. O texto satírico dizia: “A competente colega Patrícia Campos Mello acaba de ganhar o Prêmio Folha Brasileiro do Ano 2018. O Prêmio a reconheceu como ‘Guardiã da Verdade’. Em um mundo pós-verdade em que os fatos não importam, o prêmio é mais do que merecido. Parabéns, Campos Mello. O jornalismo respira”.

Veja também: 








Correio do Poder
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...