quarta-feira, 26 de dezembro de 2018

Bolivianos pedem que Bolsonaro desconvide Evo Morales para a posse


Imagem: Produção Ilustrativa / Folha Política
Após os “desconvites” às ditaduras da Venezuela, Cuba e Nicarágua para a posse do presidente eleito Jair Bolsonaro, bolivianos utilizam as redes sociais para pedir a Bolsonaro e ao Itamaraty que desconvide também Evo Morales, que se aferra ao poder na Bolívia há 12 anos e tenta conseguir mais um mandato apesar da população ter rejeitado essa possibilidade. 

Ouça: 


O cientista político Carlos Sanchez Berzain pediu a Bolsonaro que reavalie, com urgência, o convite a Morales, afirmando que, na Bolívia, há presos políticos e mais de 1.200 exilados, violações de Direitos Humanos, bolivarianismo semelhante ao de Cuba, Venezuela e Nicarágua. Para Berzaín, não há Estado de Direito na Bolívia. 

Também o grupo “Bolivianos exilados” reforçou o pedido, afirmando que o único ditador presente à posse será Morales, “porque continua convidado”. A partir do pedido do grupo, centenas de internautas passaram a pedir ao presidente eleito e ao futuro chanceler que desconvidem o ditador. 

Leia também: 
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...