sábado, 17 de novembro de 2018

Bolsonaro concede entrevista coletiva após Cuba anunciar que sairá do Mais Médicos


Imagem: Produção Ilustrativa / Folha Política
O presidente eleito Jair Bolsonaro, em entrevista coletiva, comenta a decisão da ditadura cubana de abandonar o programa Mais Médicos e retirar os profissionais. A decisão foi anunciada após Bolsonaro anunciar que os salários seriam pagos integralmente aos profissionais e não mais à ditadura cubana. 



Assista: 


Leia também: 
Médica cubana expôs abusos do 'Mais Médicos' após fugir da escravidão do programa e pedir asilo; relembre
Mão-de-obra escrava de um governo totalitário: em 2014, Caiado escancarou 'modelo venezuelano' do Mais Médicos; assista
Células da Cuba comunista em mais de 100 cidades do Brasil: veja quando Bolsonaro denunciou o 'Mais Médicos'
'Escravidão legalizada': Veja quando o senador José Medeiros retrucou a comunista Vanessa Grazziotin sobre o 'Mais Médicos'
Cortaram bilhões da Saúde, enviaram para ditadores e inventaram Mais Médicos como cortina de fumaça: veja quando Onyx Lorenzoni denunciou estratagema do PT
Médicos escravos precisavam de autorização do governo cubano até para namorar, relata desertora
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...