sexta-feira, 15 de junho de 2018

Procurador vê indícios de que o STF pretende 'radicalizar pró-corrupção'


Imagem: Produção Ilustrativa / Folha Política
Comentando a decisão do Supremo Tribunal Federal de contratar uma "sala VIP" para que os ministros não precisem ter contato com o público, o procurador de contas Diogo Ringenberg alertou: "Se depender de alguns dos ministros do STF ficaremos presos ao ATRASO, ou pior, levados à "venezuelização" do Brasil. As providências de isolamento dos ministros em aeroportos podem ser indicativos de que aquela Corte pretende radicalizar pró-corrupção. É necessário reagir".

Leia também: 
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...