terça-feira, 10 de outubro de 2017

'Se estivesse no local, daria voz de prisão em flagrante. É crime de pedofilia', afirma delegado sobre exposição no MAM; veja vídeo


Imagem: Produção Ilustrativa / Correio do Poder
O deputado Delegado Francischini, em entrevista à TVCI, foi questionado sobre a "performance" feita no MAM e enfatizou a necessidade de proteção à infância: "Para mim, aquilo é pedofilia. Acho que a maioria da população do nosso país também entende assim. Onde já se viu alguém se dizer artista, fazer uma apresentação completamente nu, e, pior ainda, uma mãe levar sua própria filha para contracenar com esse artista? Uma menininha de uns cinco anos de idade, com a mãe, de quatro no chão, apalpando esse homem. Se eles entendem que agora arte é fazer esse tipo de porcaria, alguém tem que fazer alguma coisa.  Eu apresentei um projeto de lei lá na Câmara que classifica como pedofilia a questão de contracenar com criança artista totalmente nu com os órgãos genitais expostos".


Francischini explicou que a redação atual da lei já classifica como pedofilia contracenar com criança ou adolescente em cena de sexo explícito ou pornográfica, mas a questão do que é "pornográfico" fica aberta à interpretação: "a maioria do pessoal de Direitos Humanos, da esquerda, que estão em postos-chave em instituições, entende que aquilo é arte. Para mim, é pornografia. Por isso o nosso projeto de lei diz exatamente que criança e adolescente contracenando com adultos com os órgãos sexuais expostos caracteriza a pedofilia".

O repórter perguntou o que o deputado faria se estivesse no museu e visse a cena. Francischini respondeu: "Eu faria o que todo brasileiro tem o dever de fazer, pelo Código de Processo Penal: dou voz de prisão em flagrante. Aquilo é crime de pedofilia".

Leia também:  


Correio do Poder
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...