terça-feira, 10 de outubro de 2017

Levy Fidelix renuncia ao fundão e desafia outros partidos a abdicarem: 'Desse vergonhoso fundão, o PRTB abre mão. Tirar do povo para financiar campanha é uma afronta imperdoável!'


Imagem: Produção Ilustrativa / Correio do Poder
O presidente do PRTB e candidato à Presidência da República em 2014, Levy Fidelix, anunciou que renunciará ao "fundão eleitoral", também conhecido como "bolsa político" ou fundo para campanhas eleitorais. Segundo ele, trata-se de uma afronta imperdoável contra o povo brasileiro, pois desvia recursos dos cidadãos, os quais deveriam ser aplicados em benefício da população, para financiar políticos.

"É um descarado fundão. Estou lendo os jornais do Brasil inteiro. Todos falando deste fundo vergonhoso. Como pode, tanto dinheiro? R$1,7 bilhão! Há um desequilíbrio total! Os grandalhões estão, a cada dia, mais sem vergonha. PMDB, PT, PSDB, PP, perderam a vergonha na cara e estão querendo fazer o povo de bobo. Tudo uma corja só. E o pior: Pode ser que seja até mais, e tudo tirado da saúde, da educação, da segurança tão necessária, da creche do nenê. Esses recursos iriam, pelas emendas, atender os rincões desta nação, atender os menos favorecidos. Agora, vai para os políticos", avaliou ele.

"Como linha de coerência, pois já critiquei com severidade antes da aprovação deste malfadado fundão, abdicarei deste fundo eleitoral e enviarei um ofício ao TSE informando sobre minha decisão: O PRTB abre mão deste vergonhoso fundão! E desafio os outros partidos a fazerem o mesmo! Não podemos desviar recursos do povo para fazer campanha política", desafiou o político.

Segundo ele, a população não pode pagar pela falta de recursos: "Se no passado todos tiveram de tirar de seus próprios bolsos e se viraram, por que fazer isso agora? Chega de brincar com o povo, chega de fazer com a sociedade esse tipo de brincadeira. O PRTB abre mão para atender aos reclames do povo. Queremos doar estes recursos para hospitais, creches. Esse dinheiro é do povo e deve ser aplicado com o nosso querido povo", concluiu.

Leia também:  


Correio do Poder
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...