quinta-feira, 20 de julho de 2017

Ao marcar depoimento de Lula, Moro lembra fracasso de manifestações em Curitiba


Imagem: ABr
Ao marcar o interrogatório do ex-presidente Lula em nova ação penal, o juiz Sérgio Moro lembrou que, no interrogatório anterior, o PT e os sindicatos prometeram "ocupar Curitiba" e garantiram que no mínimo 70 mil pessoas se deslocariam para a cidade em apoio ao seu líder. A promessa levou a uma intensa mobilização de força policial para garantir a ordem, mas os militantes não atenderam ao chamado. 



Neste outro processo, Moro propôs a realização de interrogatório por videoconferência, para evitar gastos indesejáveis com medidas de segurança: "Considerando o havido no interrogatório de Luiz Inácio Lula da Silva na ação penal 5046512-94.2016.4.04.7000, que acabou envolvendo gastos necessários, mas indesejáveis de recursos públicos com medidas de segurança, diga a Defesa respectiva, em cinco dias, se tem objeções à realização de novo interrogatório do acusado em questão por videoconferência com a Justiça Federal de São Paulo".

Leia também: 
Avançam negociações para recriar o imposto sindical
Janaína Paschoal pressiona o STF para que aprove delação de Marcos Valério: 'A Lei é clara: Marcos Valério tem direito a fazer a delação; o Brasil tem interesse em ouvi-lo. Peço ao STF que homologue o acordo com a PF!'
Moro marca interrogatório de Lula para setembro

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...