sexta-feira, 28 de abril de 2017

'Os sindicalistas pelegos comunistas querem botar fogo no Brasil porque vão perder a mamata do imposto sindical, mas o povo brasileiro não aceita. É da paz e quer trabalhar', afirma Levy Fidelix


Imagem: Montagem Ilustrativa
O ex-presidenciável Levy Fidelix alertou a respeito da "greve geral" marcada para esta sexta-feira, 28 de abril.

"O PT, junto com partidos comunistas, está por trás fomentando, arquitetando, conspirando. Precisam ser presos o quanto antes para acabarmos com essa palhaçada! Temos de acabar com essa República Sindicalista no Brasil. Travam companhias aéreas, transporte público, educação, querem implantar o caos no país para promover Lula e o PT", afirmou Fidelix.

"Querem implantar um inferno no Brasil para depois se apresentarem como solução. Eles sabem muito bem como travar o país. A única coisa que sabem fazer na vida é atrapalhar o nosso Brasil. Está ocorrendo uma convulsão de interesses contrários em nossa pátria e as forças de esquerda querem colocar o Brasil de joelhos para promover a sua agenda. Perturbam o ir e vir constitucional, o direito ao trabalho, à educação", prosseguiu.

De acordo com ele, a principal motivação da "greve" é o fim da obrigatoriedade do imposto sindical, incluído na Reforma Trabalhista e prestes a entrar em vigor. "Estão indignados porque irão perder a maior mamata do mundo, tomam um dia de trabalho de cada trabalhador brasileiro, uma fortuna sem tamanho e não precisam prestar contas de nada! Essa minoria absurda de 2 a 3% não pode parar o Brasil. É o Brasil contra os pelegos!", observou.

"O Brasil é verde e amarelo. Os comunistas têm de ir para Cuba que os pariu", conclui.


Leia também: 
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...