sábado, 4 de fevereiro de 2017

Erundina radicaliza na politização de morte de Marisa e diz que isso pode “unir as esquerdas”


Imagem: Montagem ilustrativa/Correio do Poder
Conforme a Exame, a deputada federal Luiza Erundina (PSOL-SP) afirmou que a morte da ex-primeira-dama Marisa Letícia pode estimular a união das alas da extrema-esquerda.

“Estou percebendo que gente do passado pode se juntar de novo para pensar em um projeto de conquistas e direitos para o País”, disse a Erundina a jornalistas no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo, onde o corpo de Marisa é velado.

Segundo Erundina, a ex-primeira-dama foi uma “companheira e teve uma relação igualitária com (o ex-presidente) Lula”.

Mais cedo, a ex-presidente Dilma Rousseff passou rapidamente pelo velório. Ela deu um abraço em Lula e foi embora logo na sequência, sem chegar a falar com a imprensa.

Veja também: 






 

Jornalivre
Editado por Folha Política
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...