sábado, 3 de outubro de 2015

Zavascki ignora pedido e agora Lula não será obrigado a dizer a verdade à Polícia Federal


Imagem: Reprodução/Rede Globo
Quem percebeu a malandragem no despacho do STF foi o trio antagonista. Rodrigo Janot havia solicitado que Lula fosse ouvido pela Polícia Federal como testemunha. Nessa condição, seria obrigado a dizer a verdade ou estaria cometendo crime de perjúrio. Mas o ministro Teori Zavascki, ao despachar o pedido feito pelo procurador-geral da República, liberou o convite a Lula na condição de informante, o que lhe desobriga a “produzir provas contra si mesmo”, ou simplesmente dizer a verdade. Veja vídeo relatando o caso:


Veja também:

Vídeos relacionados



Veja também:
Lula defende mensaleiros, ataca Joaquim Barbosa e diz que quer "justiça"
Jornalista acusa Lula de 'roubar' lema de Eduardo Campos; veja vídeo
Programa humorístico de Israel ridiculariza Lula; assista ao vídeo
Heloísa Helena diz que Lula chefia quadrilha de 'gangsters' capaz de matar, roubar e caluniar qualquer um que os atrapalhe
Augusto Nunes critica contradições de Lula sobre Eduardo Campos; veja vídeo
Poeta Ferreira Gullar diz que Lula é autoritário, quer calar a imprensa e transformar o Brasil em uma Venezuela; ouça o áudio
'Lula era o chefe', disse Marcos Valério sobre o mensalão
Lula responde a choro de Marina e diz que ela está chateada porque ele escolheu Dilma, e não ela, como sucessora
Declaração assustadora de Lula gera polêmica nas redes sociais; assista

Redação
Correio do Poder
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...