quarta-feira, 7 de outubro de 2015

Deputado se envolve em tumulto e acaba espancado por motorista de senador no Congresso


Imagem: Reprodução/TV Globo

O deputado Takayama (PSC-PR), 67 anos, foi agredido na noite desta terça-feira (6), na entrada do Congresso, pelo motorista do senador Delcídio Amaral (PT-MS), segundo informou a assessoria da Câmara. Na versão do senador, o motorista levou um tapa no rosto e reagiu com um "safanão". A assessoria do deputado nega que ele tenha cometido a agressão. Veja vídeo relatando o caso:





Takayama teria se desentendido com o motorista do lado de fora da Câmara em razão de um incidente de trânsito. Segundo testemunhas, o deputado levou um soco. Uma poça de sangue ficou na calçada.

O episódio ocorreu na entrada principal do Congresso, onde carros costumam se acumular nos dias mais movimentados, em razão do embarque e desembarque de parlamentares.
De acordo com a assessoria de imprensa da Câmara, o deputado, que é cardiopata, foi levado para o Departamento Médico da Casa, que constatou "feridas superficiais no nariz e na cabeça". Segundo a assessoria da Câmara, o motorista foi detido pela Polícia do Senado, para registro da ocorrência.

Leia também:
"El País" critica falta de reação dos brasileiros à corrupção
Fiscalização mostra que Câmara paga até canal pornô para deputados
'Desabafo de uma brasileira' se espalha nas redes sociais e atinge milhões de pessoas; veja

Veja também:

Impunidade e falta de controle pela sociedade estimulam corrupção no Brasil
Corrupção: Impunidade é a principal causa da prática ilegal
'Impunidade gera corrupção e vice-versa', diz fundador da Transparência Internacional
Reportagem especial sobre corrupção e impunidade em cidades do interior
Jantar de políticos em restaurantes de Brasília é mais caro do que cesta básica
Nova Zelândia e Brasil: Breves lições do país menos corrupto do mundo
Ministro suplica há meses para que Dilma reforce equipe para combater corrupção e é ignorado

De acordo com a assessoria de Delcídio Amaral, o motorista estava na entrada do Congresso Nacional aguardando o senador. Devido à demora do parlamentar, que estava no plenário, o ele saiu com o carro porque não poderia ficar estacionado no local por muito tempo. Segundo o relato da assessoria de Delcídio, nesse momento, em uma manobra, o carro do deputado quase colidiu com o do senador. Em seguida, ocorreu a confusão.

Vídeos relacionados

´

Por volta das 21h45, o senador Delcídio Amaral foi até a Polícia do Senado Federal para ver as imagens gravadas do circuito interno de segurança e conversar com o motorista. Segundo o senador (veja vídeo abaixo), as cenas mostram "nitidamente" que o deputado agrediu primeiro com um tapa no rosto e que o motorista revidou com um "safanão" com as costas da mão.

A assessoria de Takayama nega que o deputado tenha agredido o motorista. De acordo com os assessores do deputado, Takayama estava saindo do carro e quase foi atingido pelo veículo do senador. Em seguida, na versão da assessoria do deputado, houve uma discussão, e o motorista deu um soco em Takayama.

Do G1, em Brasília
Editado por Correio do Poder
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...