sexta-feira, 17 de julho de 2015

‘Não aceitarei estar envolvido nesta lama, rompi formalmente com o governo’, diz presidente da Câmara; veja vídeo


Imagem: Reprodução/Youtube
O presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), fez nesta sexta-feira seu mais duro ataque ao governo Dilma Rousseff e ao Partido dos Trabalhadores e formalizou oficialmente seu rompimento com o Planalto. Veja o vídeo:

Atingido pela Operação Lava Jato, Cunha também afirmou que é vítima de uma perseguição política orquestrada pelo governo.

“Tem um bando de aloprados no Planalto que vive desse tipo de circunstância, de criar constrangimentos. Esse bando de aloprados é que precisa ser investigado.”

A expressão é a mesma utilizada por Lula em referência aos responsáveis por forjar um dossiê com falsas denúncias contra o então candidato José Serra (PSDB) nas eleições de 2006 – na ocasião, o coordenador da campanha de Aloizio Mercadante, hoje ministro da Casa Civil, ao governo de São Paulo, Hamilton Lacerda, foi filmado entrando com uma mala no hotel onde seriam presos dois dos envolvidos no escândalo.

Sobre o vice-presidente Michel Temer, Cunha declarou:

“Eu defendo que ele saia imediatamente da coordenação política”.

Temer, segundo a coluna Radar, “tomará um chá de sumiço em meio ao tumulto que envolve o governo e o seu companheiro de partido Eduardo Cunha na Lava Jato. Segue com a família amanhã para uma semana em Nova York”.

Veja também:

Vídeos relacionados



Veja também:

Felipe Moura Brasil, VEJA
Editado por Correio do Poder
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...